Curiosidades sobre Alice no País das Maravilhas

Nextale/ junho 1, 2021/ Uncategorized/ 0 comments

Alice no País das Maravilhas é sem sombra de dúvidas umas das histórias infantis mais queridas de todos os tempos! Personagens malucos e cativantes, ensinamentos de vida e um humor bem ácido fazem essa obra permanecer no coração dos leitores e atravessar gerações. Por isso, separamos hoje as maiores curiosidades desse clássico da literatura mundial! Vamos conferir?

Pseudônimo 

O autor de Alice no País das Maravilhas se chama, na verdade, Charles Lutwidge Dogson. Lewis Carroll era apenas o seu pseudônimo.

Inspiração da obra

A ideia para o livro surgiu em um passeio de barco, em 1862, em que Lewis acompanhava o seu amigo Robinson Duckworth e suas três filhas. Para distrair as filhas do amigo, Lewis improvisou uma história que viria a ser a base para o livro.

Alice existiu?

Apesar do autor ter desmentido a informação, muitos acreditam até hoje que a personagem principal é inspirada na filha mais nova de Duckworth, Alice Liddell.  Alguns exemplos disso são: a data da publicação do livro é a mesma do aniversário de Alice Liddell, 4 de Julho, e Alice Através do Espelho foi lançado no dia 4 de novembro, seis meses após o aniversário da jovem. No livro, a personagem diz que tem 7 anos e meio, a mesma idade que teria Alice na vida real.

Além dessas coincidências, as duas dedicatórias dos livros Alice no País das Maravilhas e Através dos Espelhos foram para ela e no Natal de 1864, Carroll presenteou Alice com a primeira versão da história, que se chamava “Alice Debaixo da Terra” (nome que acabou sendo alterado um ano depois para o que conhecemos hoje e alguns personagens sendo incluídos como o Chapeleiro Maluco e o Gato de Cheshire).

Autor e matemático

Lewis, além de escritor era também matemático, por isso o livro possui diversos enigmas. Eles passam despercebidos, muitas vezes, pois continham diversas referências da época. Além de piadas e trocadilhos que só fazem sentido na língua inglesa.

Easter egg

Lewis se incluiu como personagem em seu próprio livro. Carroll se coloca como o pássaro Dodo. O autor tinha problemas de fala e muitas vezes, ao dizer o seu verdadeiro sobrenome (Dodgson), ele repetia a sílaba “do”.

Adaptações cinematográficas

Alice no País das Maravilhas teve mais de 20 produções cinematográficas, sendo a primeira de 1903, um filme mudo dirigido por Cecil Hepworth e Percy Stow. As adaptações mais famosas são do Estúdio Disney: a animação de 1951, supervisionada pelo próprio Walt Disney; e a de 2010 dirigida por Tim Burton.

O filme de 2010 é um dos mais rentáveis da história da Disney, tendo lucrado mais de US$ 1 bilhão em todo o mundo . Já o de 1951, foi um grande fracasso de lançamento.

Síndrome de Alice no País das Maravilhas

Existe uma síndrome chamada “Alice no País das Maravilhas”. É um distúrbio de desorientação neurológica que afeta a percepção das pessoas. Elas têm alucinações que distorcem o tamanho dos objetos, dando a sensação que estão mudando de tamanho, assim como a personagem do livro.

Alice no País das Maravilhas é um grande livro da literatura infantil mundial e está disponível na Nextale. Que tal aproveitar e ler essa história de uma maneira imersiva? Você com certeza se sentirá dentro do País das Maravilhas.

Referências

https://www.ebiografia.com/charles_perrault/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Capuchinho_Vermelho

https://cdn.culturagenial.com/arquivos/chapeuzinho-vermelho-irma-os-grimm.pdf

Share this Post

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>
*
*